4 benefícios do Magnésio Dimalato

Forma de suplementação que oferece vários ganhos para o seu dia a dia, os benefícios do Magnésio Dimalato são inúmeros! Ao regular os níveis de magnésio e ácido málico no organismo, ele atua prevenindo doenças, melhorando a performance dos músculos, otimizando a produção de energia e muito mais!

Neste post, vamos falar de 4 benefícios do magnésio dimalato para a saúde. Explicando como esse composto age no organismo e o que a deficiência dessas substâncias pode provocar. Fique atento!

Benefícios do Magnésio Dimalato para tratamento de dores e lesões musculares

Magnésio Dimalato é eficiente para combater lesões musculares
Créditos: Freepik

O magnésio dimalato é composto pelo sal mineral magnésio e pelo ácido málico. Essas duas substâncias atuam em mais de 300 reações químicas no corpo humano, e uma das participações mais importantes delas é no bom funcionamento dos músculos.

O ácido málico está presente no Ciclo de Krebs, o processo químico da produção de energia para os músculos e órgãos, enquanto o magnésio atua na ativação das moléculas de energia produzidas no ciclo, o ATP (trifosfato de adenosina).

Dessa forma, juntos os compostos são essenciais para que o corpo se recupere após os gastos de energia, desde as atividades de esforço físico até as funções metabólicas mais básicas.

As lesões musculares costumam ocorrer quando os músculos não se recuperam propriamente dos esforços, causando o desgaste. Com o passar dos anos, essa recuperação se torna mais lenta naturalmente, como todas as atividades do organismo.

Por isso, para prevenir lesões e retardar o envelhecimento dos músculos, é indicado incluir a suplementação desses nutrientes à dieta por meio do magnésio dimalato.

Além de pessoas em idade avançada, atletas e praticantes de atividades físicas também devem adotar essa suplementação, para melhorar seu desempenho. Uma dieta rica em fontes naturais de magnésio e ácido málico também é fundamental, com alimentos como:

  • vegetais de folhas escuras e legumes;
  • cereais integrais;
  • frutas, como maçã, uva, abacate e banana;
  • grãos, como grão-de-bico, farelo de milho e granola.

Atualmente, o magnésio dimalato também é um tratamento conhecido para a fibromialgia, doença caracterizada por dores intensas, fadiga e perda de capacidades físicas. O suplemento ajuda a reduzir as dores, regular funções cognitivas e aliviar o estresse e o nervosismo causado pela doença, além de melhorar a qualidade do sono do portador.

Prevenção de doenças

 

Magnésio Dimalato contribui para a prevenção de doenças
Créditos: Freepik

A deficiência dos nutrientes do magnésio dimalato pode causar uma série de sintomas perigosos. Confira alguns:

  • perda de apetite;
  • problemas de concentração;
  • fraqueza muscular;
  • apatia e oscilações de humor;
  • perda de memória;
  • irritabilidade;
  • distúrbios neuromusculares, como convulsões;
  • tonturas;
  • tremores;
  • arritmias;
  • problemas circulatórios.

Além desses sintomas, doenças como o Mal de Alzheimer, Mal de Parkinson, cálculos renais, osteoporose, artrite, artrose e depressão estão ligados à deficiência de magnésio. Esse mineral é essencial para a manutenção do sistema imunológico, e ingerir baixas quantidades dele pode deixar a pessoa suscetível a doenças oportunistas e infecções.

O magnésio está relacionado ao processo de absorção do cálcio, mineral que compõe os ossos e dentes. Por isso, fraqueza óssea não é um sintoma incomum em casos de deficiência do magnésio.

Com o envelhecimento, os ossos se tornam mais frágeis naturalmente, mas o magnésio pode ajudar a retardar esse efeito, além de otimizar a ação de suplementos de cálcio.

A depressão também é uma doença relacionada à falta de magnésio no organismo, que altera o funcionamento do sistema nervoso e pode causar distúrbios emocionais. Em pessoas portadoras de outras doenças, os efeitos podem ser aumentados, tornando o magnésio dimalato um aliado importante para o bem-estar e a saúde.

Aumento da energia e disposição

 

Aumento da energia e da disposição
Créditos: Freepik

Como já explicamos no primeiro tópico, o magnésio e o ácido málico atuam na produção de energia. Quando consumimos poucas quantidades desses nutrientes, o corpo não deixa de produzir energia, pois encontra outras fontes, mas diminui o ritmo.

Os efeitos são sentidos no dia a dia, com cansaço extremo, falta de disposição e recuperação lenta após exercícios. Para mulheres grávidas o risco é ainda maior, pois impacta o desenvolvimento pleno do bebê.

Com a suplementação do magnésio dimalato, é possível aumentar a disposição quase imediatamente, com alívio do cansaço, melhora do sono e sensação de mais energia. É que esse suplemento ajuda a relaxar os músculos, estimula a renovação celular durante o sono e regula a temperatura corporal, fatores fundamentais para uma noite bem dormida.

Algumas doenças, medicamentos e hábitos contribuem para a deficiência de magnésio sem que muitas pessoas saibam, como:

  • consumo de álcool em excesso;
  • uso de medicamentos diuréticos;
  • diabetes mal controlada;
  • medicamentos para tratamento de câncer;
  • ingestão frequente de antibióticos.

Como consequência, a falta de energia pode contribuir para quadros de depressão, sedentarismo, dores crônicas, obesidade e insônia, por exemplo. Assim, muitos brasileiros sofrem com os sintomas da falta do nutriente, sem saber que essa deficiência pode ser facilmente resolvida com dieta e suplementação.

Melhora na circulação sanguínea

Um dos benefícios do Magnésio Dimalato é a melhora da circulação

 

Um dos benefícios do magnésio dimalato menos divulgados é o seu poder de melhorar a circulação e evitar doenças cardíacas e hipertensão. O magnésio ajuda a controlar espasmos nas artérias coronarianas, prevenindo arritmias e taquicardias.

Dessa forma, o sangue é bombeado de modo ideal pelo coração, regulando a pressão arterial e evitando lesões cardíacas.

A melhora na circulação também é fundamental para evitar doenças como infartos, AVCs e tromboses, que são fortalecidas por fatores hereditários. Se você possui histórico de doenças circulatórias na família, é fundamental tomar medidas de precaução, como evitar o tabagismo, praticar exercícios físicos e fazer uso do magnésio dimalato.

Para adultos saudáveis, é recomendada a ingestão de pelo menos 320mg de magnésio diariamente. No Brasil o solo é pobre em magnésio, e por isso os alimentos têm baixa concentração desse mineral. Por isso, a suplementação com magnésio dimalato é uma alternativa para cumprir as necessidades diárias do organismo e manter a saúde em dia!

Agora que você já conhece os principais benefícios do magnésio dimalato, siga a página da NeoGold no Facebook e fique por dentro das nossas novidades todos os dias. Conheça mais sobre o magnésio dimalato, acompanhe nosso blog e muito mais!

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *