Por: neogold

03.02.2018

CATEGORIA: Mais Qualidade de vida

Combata a azia com Magnésio

Neste artigo, destacamos informações importantes para que você combata a azia com magnésio. Confira:

 

Você já sentiu uma sensação estranha de queimação na altura do peito após uma refeição? Isso é a azia, um sintoma comum que ocorre devido a problemas gastrointestinais e causa um grande desconforto em milhares de pessoas por dia. Porém, a azia pode ser evitada com a ação reguladora do magnésio nesse processo. Entenda:

Mas, afinal, o que é a azia?

Combata a azia com magnésio
Créditos: Shutterstock

A azia é acontece como a sensação de queimação ou aperto que ocorre na boca do estômago e aumenta em direção à garganta, causando desconforto principalmente atrás do esterno, osso que fica na região do peito. Esse sintoma geralmente vem em ondas e algumas pessoas chegam a confundir a azia com o princípio de um ataque cardíaco.

 

Qualquer um pode desenvolver azia, mas certos fatores do estilo de vida afetam o funcionamento do esfíncter, bem como a quantidade de ácido produzida pelo estômago. A azia geralmente não representa uma séria ameaça à sua saúde. No entanto, podem ocorrer complicações com o refluxo ácido grave, frequente e persistente.

 

A azia que esteja ocorrendo mais de duas vezes por semana pode ser um sintoma clínico da doença do refluxo gastroesofágico (DRGE) e você deve investigar junto ao seu médico. Sem tratamento, a DRGE crônica pode causar inflamação, úlceras e cicatrizes.

 

Conheça as causas da azia:

 

A azia não é uma doença, mas sim um dos sintomas do refluxo ácido, o problema digestivo mais comum do dia-a-dia. Quando ingerimos um alimento, o bolo alimentar viaja pelo esôfago até chegar ao estômago. O esfíncter esofágico inferior, anel muscular que age como uma válvula entre o esôfago e o estômago, abre para deixar passar o alimento.

 

É esperado que o esfíncter feche para evitar que o ácido estomacal deslize para o esôfago,  mas em algumas pessoas esse movimento pode não estar funcionando muito bem. Isso causa o refluxo ácido, fazendo com que os tecidos que revestem o esôfago fiquem irritados com a presença do ácido e a azia apareça.

 

Outros fatores e condições também contribuem para a ocorrência da azia. São eles:

 

  • Comer rápido e em grande quantidade;
  • Usar roupas apertadas;
  • Ingerir alimentos apimentados, ácidos ou gordurosos;
  • Deficiência de magnésio no organismo;
  • Fumar;
  • Obesidade;
  • Hérnia de hiato;
  • Gravidez;
  • Alguns medicamentos.
Comidas apimentadas podem causar azia.
Créditos: Unsplash

Saiba quais são os sintomas da azia:

 

Geralmente a azia ocorre após uma refeição ou quando vamos dormir de estômago cheio. Entre os sintomas, os mais comuns são:

 

  • Sensação de queimação no meio do peito até a garganta;
  • Dificuldade para engolir;
  • Gosto amargo ou azedo na boca;
  • Arrotos frequentes e involuntários;
  • Regurgitação;
  • Desconforto na respiração;
  • Sensação de estômago cheio.

 

Como aliviar a azia?

 

Você pode aliviar e evitar a azia com algumas mudanças em sua rotina diária:

 

  • Comer refeições em pequenas porções;
  • Evitar lanches noturnos;
  • Mastigar bem os alimentos;
  • Controlar o estresse;
  • Evitar beber líquidos junto às refeições;
  • Usar roupas e cintos mais largos;
  • Manter o peso sob controle.

 

Quais alimentos que podem causar azia?

 

Alguns alimentos são conhecidos por contribuir com a azia, trazendo ácido adicional ao estômago ou relaxamento ao esfíncter. Deve-se evitar a ingestão de algumas bebidas e alimentos que aumentam a acidez estomacal, como:

 

  • Frutas cítricas;
  • Chocolate;
  • Refrigerantes e bebidas gaseificadas;
  • Tomate;
  • Café e produtos com cafeína;
  • Álcool;
  • Alho e cebola;
  • Frituras.

 

E os alimentos que evitam a azia?

Maçãs podem colaborar para que você combata a azia
Créditos: Unsplash

Invista em uma dieta balanceada e nos alimentos certos para prevenir a azia. Confira:

 

  • Limão;
  • Manjericão;
  • Pão integral;
  • Iogurte;
  • Maçã.

 

Quando ocasional, um remédio para azia que funcione imediatamente, como um antiácido líquido, pode resolver a azia rapidamente. Assim como o nome sugere, o antiácido neutraliza o ácido estomacal e proporciona um alívio. Siga as orientações do seu médico, já que o uso excessivo de antiácidos pode causar sérios efeitos colaterais.

 

Mas quando a azia é mais prolongada e recorrente, os antiácidos não vão ajudar. O mais recomendado para combater a frequência e evitar que o problema se agrave é melhorar sua dieta e incluir o que é bom para azia, como alimentos ricos em magnésio.

 

Combata a azia com Magnésio:

 

O magnésio é um mineral essencial para o bom funcionamento do metabolismo e absorção de nutrientes. Participando de centenas de reações enzimáticas, o mineral age ativamente no processo de digestão e transformação do alimento em energia para o corpo. A deficiência de magnésio é parcialmente responsável por muitos casos de refluxo ácido. Portanto, para que você combata a azia com magnésio, é necessário que seus níveis estejam equilibrados.

 

Como estimula os leucócitos (células imunes) e ativa a vitamina D, o magnésio é o ajudante mais poderoso do seu sistema imunológico. Em outras palavras, o magnésio fortalece o sistema digestivo e evita que as bactérias sejam excessivas. Com isso, o magnésio atua diretamente no processo de produção de ácido clorídrico (ácido estomacal) ao regular seus níveis quando o estômago está em falta ou com excesso de acidez.

 

O ácido estomacal também funciona com outra enzima digestiva, chamada pepsina, a fim de quebrar a proteína em pequenas cadeias de aminoácidos. Nosso corpo precisa de magnésio para produzir a pepsina no estômago e evitar que o ácido clorídrico em excesso passe pelo esfíncter e promova a azia.

 

Magnésio equilibra a acidez estomacal

 

Algumas pessoas, principalmente com o avanço da idade, não conseguem produzir uma quantidade necessária de ácido clorídrico em seu organismo, resultando em graves problemas de saúde. Com o estômago regulado com o magnésio, as chances de o refluxo ácido ocorrer são diminuídas e a azia será muito menos frequente.

 

Quando os níveis do mineral estão balanceados em nosso sistema digestivo, o magnésio também ajuda a:

 

  • Absorver vitaminas e minerais;
  • Fornecer energia, reparar e proteger nossos órgãos digestivos;
  • Produzir enzimas digestivas para quebrar carboidratos, proteínas e gorduras;
  • Evitar doenças em nossas glândulas salivares, intestinos, pâncreas, esôfago e estômago.

Leia também: Problemas digestivos: A importância do Ácido Málico na sua prevenção

Tudo isso colabora para que você combata a azia com magnésio e se livre do desconforto da queimação. Se você está sofrendo com azias constantes, procure um médico gastroenterologista e cuide da sua saúde!

Gostou das nossas dicas para que você combata a azia com magnésio? Deixe-nos um comentário ou compartilhe. Sua opinião é muito importante para nós.

Até a próxima!

 

 

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *